quinta-feira, 14 de junho de 2012

Día de los Padres


No próximo domingo é comemorado o Dia dos Pais aqui na Argentina. Compartilho com vocês um comercial da Movistar muito legal e aproveito para homenagear o meu querido pai que está no Brasil :)

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Hoy hice arroz...

Não posso ver essa propaganda que fico cantando o dia inteeeeeeeiiiiiiiro a música. 




...Hoy hice arroz... lo hice para vos... yo soy Diana Arroz...

sábado, 3 de julho de 2010

Acabou...

O relógio do meu computador marca exatamente 14:14.  Mais de uma hora depois do fim do jogo e Buenos Aires está parada. Não há carros, pessoas... movimento nas ruas. Apesar do sol, o dia ficou preto e branco.

O buzinaço, a gritaria, a euforia, a festa que fizeram ontem neste mesmo horário, se calou.  Nossa seleção, chamada aqui de "verdeamarelha" deu alegria pra eles ontem; a deles, a sua própria seleção, transformou toda essa alegria em tristeza.

Acho que pra eles vai doer mais. Sabe por que? Porque o entusiasmo e a expectativa eram maiores. A galera aqui realmente estava confiante. Não estou feliz com a derrota alheia. Meu Mundial acabou ontem no jogo contra a Holanda. Perder de 4x0 é horrível. Poxa, goleada é vergonhoso!

Amigos mexicanos, colombianos e de qualquer outro país sulamericano não entendem essa rixa que existe entre Brasil e Argentina. É fácill explicar, o díficil é fazer eles compreenderem.

Em uma única coisa somos iguais: somos apaixonados por futebol. Talvez isso explique tanta rivalidade!

terça-feira, 22 de junho de 2010

Argentina 2 x 0 Grécia

Estas fotos fiz agora há pouco enquanto a Argentina jogava com a Grécia...

Florida as 16hs



Subte



 
Plaza San Martin




 
E aqui, o rapaz lendo a notícia "Brasil ya cumplió su rol sobre Irán", do Clarín, enquanto o jogo não começava



segunda-feira, 14 de junho de 2010

Elano x El ano

Tenho um amigo colombiano que não acompanha muito futebol. Pra ele, que já não gosta muito do esporte e com a participação da Colombia nesta Copa limitada a Shakira e Juanes na abertura, este Mundial tá sendo insignificante.

Esses dias ele me veio com o seguinte comentário: "A nosotros resulta muy chistoso ver a los partidos de Brasil cuando juega Elano." (Pra nós é muito engraçado ver os jogos do Brasil quando joga o Elano). Nunca tinha parado pra pensar, mas realmente. O que acontece que "el ano" en espanhol seria "o ânus" em bom português.

Ou seja, quando o narrador fala, por exemplo, "... pateó Elano..." Nós entendemos: "...chutou Elano..." e os hispanohablantes: "...chutou o ânus...".

Tadinho do Elano, mas eu entendo, com a gente seria a mesma coisa. Isso é o de menos, o Maradona não fez gol com a mão? Pois então, o Brasil faz até com Elano! (ou seria el ano?)

sábado, 12 de junho de 2010

Agora é a vez do Diabo

Eu postei aqui um comercial da Quilmes em que Deus fala com os argentinos. O CQC argentino fez uma paródia muito boa, só que desta vez, o Diabo é que fala com eles....

sexta-feira, 11 de junho de 2010

No me olvidé

Amanhã a Argentina estréia na Copa contra a Nigeria. Uma das coisas que temos que admitir é a paixão argentina pelo futebol que muitas vezes acaba estimulando a criatividade da galera. Foi assim com as campanhas "La permanente de Messi" e "Un traje para Diego".

Agora tá rolando a "No me olvidé. El abrazo a Diego" que dá um mega apoio ao Maradona. Um abraço de 40 milhões de argentinos que sonham em ser tri campeões nesta Copa.


 Fanatismo a parte, não dá pra deixar de admitir que além de uma grande iniciativa, é um super reconhecimento ao ex-jogador.